Segurança Alimentar nas Explorações Pecuárias

A saúde animal e o bem-estar animal nas explorações pecuárias exigem um acompanhamento regular pelos médicos veterinários, bem como um bom maneio dos animais. De um ponto de vista de Saúde Pública, as explorações pecuárias devem garantir a segurança dos seus trabalhadores e garantir a salubridade, segurança e qualidade dos produtos que produzem.

vet2

HACCP (Análise de Riscos e Controlo de Pontos Críticos) é uma abordagem sistemática à segurança alimentar e saúde pública, sendo um instrumento no controlo de riscos associados directamente com processos de produção considerados significativos através de uma análise de risco.
 
O HACCP é hoje em dia considerado como uma ferramenta eficiente para a produção de alimentos seguros. Na União Europeia a sua implementação é obrigatória para a indústria alimentar nas fases que seguem a produção primária, e é aconselhada na produção primária (EU- RAIN , 2005; (EC)852/2004; (EC)853/2004 and (EC)854/2004).
 
Os regulamentos Europeus (EC)852/2004, (EC)853/2004 e (EC)854/2004 mostram a importância que o HACCP assumiu na Europa e como num curto espaço de tempo pode abranger todos os passos da produção, incluindo as explorações pecuárias (produção primária).
 
Ao nível das explorações pecuárias, uma abordagem baseada no HACCP, que leve em conta questões como o maneio animal, segurança alimentar, segurança no trabalho, alimentação animal, bem -estar animal, protecção do ambiente e boas práticas de utilização de fármacos, pode ser uma mais valia para trabalhadores, consumidores e competitividade económica deste tipo de empresas.